Faça a DIFERENÇA
deixe seu LEGADO
invista com PROPÓSITO

NTICS Notes > NOVOS CONTROLES DE INDICADORES E PARTICIPAÇÕES PARA SUA EMPRESA!

NOVOS CONTROLES DE INDICADORES E PARTICIPAÇÕES PARA SUA EMPRESA!

Foi-se o tempo em que bastava conhecer a matéria-prima, o valor do produto final e os custos operacionais para calcular o desempenho de uma empresa.

A tecnologia ajudou sim, mas as novas necessidades sociais e ambientais surgiram e impactaram as performances no setor empresarial.

Indicadores de desempenho são ferramentas de gestão que utilizam índices, metas e faixas de tolerância para medir a atividade de uma corporação e embasar as tomadas de decisões de seus líderes. Com eles é possível corrigir problemas de gestão, incentivar equipes, otimizar processos, produzir com qualidade superior e, consequentemente, aumentar a lucratividade.

Por meio dos indicadores de desempenho, é possível saber se as metas foram alcançadas, se o emprego dos recursos foi eficaz e quais falhas ocorreram. Alguns indicadores importantes são:

1) Indicadores de desempenho estratégicos: para verificar o andamento da empresa com relação aos seus objetivos estratégicos, aqueles essenciais para definir os próximos passos do negócio, como faturamento e a produtividade.

2) Indicadores de desempenho de processos: visam medir o andamento de um processo, com foco no modo como cada tarefa é realizada. Medem a capacidade de produzir ou de vender, em quanto tempo.

3) Indicadores de competitividade: visam mensurar os dados da empresa em relação aos seus concorrentes no mercado. Preços, prazos de entrega, quantidade de colaboradores, adoção de novas tecnologias, capacidade de produção, distribuição e comercialização são outros fatores que, comparados à concorrência, podem indicar o quanto uma empresa é competitiva.

4) Indicadores de qualidade:  Incluem indicadores de eficácia, eficiência e efetividade. Eles têm como principais objetivos identificar pontos críticos e indicar como podem impactar a qualidade do produto ou serviço produzido e orientar a tomada de decisões que garanta o alcance das metas desejadas. Verificam a relação entre as entregas de uma empresa e os recursos utilizados para que sejam realizadas. Por meio desse grupo de indicadores, é possível combater o desperdício de recursos e insumos, reduzindo custos de produção sem, no entanto, comprometer a qualidade do que está sendo entregue.

5) Indicadores de impacto: medem a utilidade e os impactos gerados pelos produtos ou serviços produzidos e entregues, ou seja, se aquele projeto beneficiou ou não a empresa, a comunidade, o cliente, seja qual for o público-alvo que se deseja atingir.

6) Indicadores de lucratividade e rentabilidade: analisam quanto a empresa gera de retorno com seus esforços.

7) Indicadores de valor: medem a relação entre o valor percebido de um produto ou serviço e o que realmente se despendeu para sua aquisição. São os indicadores que verificam se o que foi pago por um produto ou serviço está alinhado com o benefício que ele proporciona. Se ele “vale o que custa”.

Com as mudanças climáticas e a crescente preocupação do consumidor com a origem dos produtos faz-se necessário implantar também indicadores de sustentabilidade. Eles diagnosticam e avaliam o grau de sustentabilidade na gestão de resíduos, com enfoque nas dimensões sociais, ambientais e econômicas. Auxiliando, assim, nas definições de objetivos e metas para melhoria contínua.

Listamos sugestões de novos indicadores de sustentabilidade para serem implementados dentro da empresa:

  • Existência de situações de risco à saúde em atividades vinculadas à gestão de resíduos, para monitorar a segurança dos trabalhadores que realizam o manejo dos resíduos.
  • Existência de plano de gerenciamento de resíduos.
  • Existência de canais de participação dos colaboradores no processo decisório da gestão de resíduos, que ajuda a verificar a implantação do sistema de logística reversa.
  • Existência de coleta seletiva.
  • Realização de parcerias para destinação de resíduos, que possam ser reutilizados em outro setor ou negócio.
  • Existência de canais de divulgação das informações relativas à gestão de resíduos, como relatórios de sustentabilidade.
  • Contabilidade da gestão de resíduos para verificar se o custo com a gestão de resíduos está dentro do orçamento da organização.
  • Redução na geração de resíduos, no consumo de água, energia e outros insumos.

Uma vez definidos e implantados os indicadores de desempenho, o acompanhamento deve ser  periódico. Assim, permite-se uma visão de seu comportamento ao longo do tempo.

A NTICS tem uma equipe especializada para elaborar planos capazes de elevar os índices ESG, intensificando projetos de responsabilidade social, ambiental e de governança.  Conheça nossas propostas! Entre em contato através do site https://ntics.com.br

Whatsapp |  E-mail: contato@ntics.com.br  |  Telefone (11) 3042-9697.

 

Read this article in english here!

E-books

Acesse nossos e-books

Abrir chat
Precisa de ajuda?