Faça a DIFERENÇA
deixe seu LEGADO
invista com PROPÓSITO

NTICS Notes > Mulheres assumindo cargos de gestão e liderança

Mulheres assumindo cargos de gestão e liderança

A falta de igualdade de gênero ainda impacta diretamente em desafios enfrentados por mulheres no mundo corporativo. Entenda como implementar ações focadas para diversidade dentro da sua empresa.

Temas como diversidade e inclusão estão sendo cada vez mais discutidos dentro de empresas, uma vez que a sociedade vem historicamente compreendendo a importância da pluralidade. Entretanto, mulheres ainda sofrem por resquícios de conceitos históricos e culturais e não ocupam na mesma proporção que homens cargos de liderança. Grande parte desse fato se dá ainda pelo preconceito de uma sociedade com resquícios patriarcais.

 

Já parou para refletir quantas mulheres que conhece que estão ocupando cargos de gestão? Alguma delas gerencia uma área voltada à tecnologia, ou economia? A resposta provavelmente deve ter sido: “poucas conhecidas em cargos de gestão e as que conheço são altamente qualificadas”.

 

Isso não ocorre por falta de capacidade e sim de oportunidade e valorização da diversidade. Segundo a pesquisa panorama mulher, dentre 415 empresas com o cargo de presidente, apenas 13% declararam ser ocupado por uma mulher. Por outro lado, segundo o relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT), da Organização das Nações Unidas (ONU), realizado em 70 países, ter mulheres em cargos de liderança é um dos fatores que contribui para um maior desempenho e lucratividade em empresas. O estudo mostra que 75% das empresas que optaram por mulheres para cargos de gestão apresentaram um aumento de 5 a 20% nos lucros.

 

A Caliper uma consultoria norte americana de recursos humanos também realizou uma pesquisa que mostra um comportamento mais persuasivo e de assumir riscos pela equipe vindo de líderes mulheres. O estudo mostra uma postura mais empática, flexível e com habilidades de comunicação interpessoal em comparação ao posicionamento de líderes homens.

 

Apesar de todas estes dados e estudos, os índices de desigualdade no cenário empresarial continuam aumentando. Ainda é incomum e muitas vezes até comemorando quando vemos mulheres representando empresas.

 

 

INICIATIVAS JÁ IMPLEMENTADAS E MULHERES REFERÊNCIA

 “Equidade é prioridade” é um movimento idealizado pela ONU que estabelece metas claras para que empresas integrantes da Rede Brasil do Pacto Global aumentem a quantidade de mulheres em cargos de alta liderança. Por meio de três principais pilares com a carta compromisso e sensibilização, programa de capacitação e mentoria e advocacy participantes se aprofundam na implementação dos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs) e fortalecem a contribuição do negócio para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, em especial a meta 5.5 da Agenda 2030, que exige a total participação e oportunidades igualitárias na liderança, incluindo na vida econômica, até 2030. 


Em 2020, foi publicada uma matéria pelo portal Green Biz  em homenagem ao Dia Internacional da Mulher que traz 25 líderes femininas em cargos de governança e gestão que estão sendo referências mundiais no movimento climático (ODS 13 – Ação contra a mudança global do clima).  


Melinda Gates, co-fundadora da maior fundação privada do mundo divulgou este ano que combater mudanças climáticas e promover a igualdade de gênero são duas questões muito presentes em seu novo projeto filantrópico. Como meta está trabalhar em tecnologias para reduzir as emissões de carbono ajudando principalmente populações vulneráveis como agricultores de subsistência à se adaptarem às mudanças climáticas. Melinda identificou a urgente necessidade de mulheres em cargos de liderança nos governos, finanças, tecnologia e saúde frisando a importância de abordar barreiras enfrentadas elas durante toda jornada de trabalho.

COMO MUDAR A REALIDADE DA SUA EMPRESA?

 

O primeiro passo são esforços para a quebra de paradigmas promovendo ações de valorização da diversidade (seja de gênero ou de outra categoria) internamente e externamente deixando algum legado para a comunidade em que a empresa está inserida. A inclusão deve se tornar parte da cultura da empresa, deixando para trás conceitos arcaicos e olhando para toda cadeia em que está inserida.

 

Gerar oportunidade não só para mulheres, mas também para a comunidade, se torna sinônimo de aumento do potencial criativo, empático inovador segundo estudos apresentados neste artigo proporcionando um maior desempenho e lucratividade.

 

O Objetivo de Desenvolvimento 10 fala da redução da desigualdade e tem como uma das metas até 2030, empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de todos, independentemente da idade, sexo, deficiência, raça, etnia, origem, religião ou condição econômica. Investir em projetos para a comunidade que tenha como foco dinâmicas que trabalhem em prol do cumprimento deste ODS e implementar políticas de responsabilidade social dentro da empresa consequentemente alinham a instituição à um propósito maior proporcionando melhores resultados financeiros e outros inúmeros benefícios. 

 

COMO A NTICS ENGAJA COM A DIVERSIDADE?

A NTICS Projetos, como uma empresa signatária da ONU, engaja com a diversidade de diversas formas. Cerca de 80% dos cargos de gestão em cada departamento da empresa são assumidos por mulheres, sendo esses: Marketing, Financeiro, Inovação e Novos Negócios e a C.E.O da empresa aderindo ao movimento da ONU “Equidade é Prioridade” e também por acreditar em uma visão mais sistêmica presente em mulheres líderes. 

A NTICS Projetos também é apoiadora do Refúgio 343, uma organização humanitária, dedicada à resgatar famílias venezuelanas refugiadas no Brasil, através do processo de interiorização. Por meio da estratégia de interiorização de deslocamento planejado para outros estados brasileiros a missão do Refúgio 343 é promover a reinserção socioeconômica dessas famílias no território nacional. A NTICS Projetos se compromete então à oferecer anualmente uma oportunidade de trabalho para um estrangeiro do refúgio. 

Um dos nossos projetos o P.E.D – Programa de Educação e Diversidade foi desenvolvido especialmente com foco no ODS 10 – Redução das Desigualdades. Atuando diretamente na educação com ênfase na diversidade e inclusão. Por meio de atividades, professores e alunos são empoderados e convidados a refletir sobre a realidade em que vivem, problemas enfrentados e possíveis soluções para uma sociedade mais igualitária. Empresas geralmente patrocinam o projeto, através de leis de incentivo ou verba de Marketing deixando um legado para a comunidade em que está inserida. 

Outra forma de promover a diversidade é a implementação de políticas de responsabilidade social dentro da empresa contribuindo para uma sociedade mais justa e para um ambiente mais sustentável. É dizer que a gestão das empresas não deve ser norteada apenas para o cumprimento de interesses dos proprietários, mas também em prol dos trabalhadores, alunos, as comunidades locais, os clientes, os fornecedores, as autoridades públicas, os concorrentes e a sociedade em geral. A NTICS é 100% motivada por propósito sendo referência em responsabilidade social corporativa e oferecendo um serviço de consultoria para outras empresas que desejem impactar positivamente a cidade que está inserida e o mundo. 

Gostaria de fazer parte deste movimento? Entenda como sua empresa pode se tornar referência oferecendo benefícios para toda cadeia em que atua. Entre em contato para mais informações. E-MAIL/ WHATSAPP

Abrir chat
Precisa de ajuda?